Facebook - Reggae Raiz Youtube - Reggae Raiz Twitter - Reggae Raiz Pinterest - Reggae Raiz Google Plus - Reggae Raiz
Tribo de Jah



Globalização

Tribo de Jah



Aumentar o tamanho do vídeo
 Compartilhe

Sobre o Colaborador

  • Jadson Souza
  • Membro desde: 28/02/2012
  • Itabuna, BA
  • Cargo: Moderador
Curtir
1 Pessoa
Não Curtir
0 Pessoas

Letra    

Clique aqui e inscreva-se em nosso canal.




Globalização é a nova onda
O império do capital em ação
Fazendo sua rotineira ronda

No gueto não há nada de novo
Além do sufoco que nunca é pouco
Além do medo e do desemprego, da violência e da impaciência
De quem partiu para o desespero numa ida sem volta
Além da revolta de quem vive as voltas
Com a exploração e a humilhação de um sistema impiedoso
Nada de novo
Além da pobreza e da tristeza de quem se sente traído e esquecido
Ao ver os filhos subnutridos sem educação
Crescendo ao lado de esgotos, banidos a contragosto pela sociedade
Declarados bandidos sem identidade
Que serão reprimidos em sumária execução
Sem nenhuma apelação

Não há nada de novo entre a terra e o céu
Nada de novo
Senão o velho dragão e seu tenebroso véu de destruição e fogo
Sugando sangue do povo,
De geração em geração
Especulando pelo mundo todo
É só o velho sistema do dragão
Não, não há nenhuma ilusão, ilusão
Só haverá mais tribulação, tribulação

Os dirigentes do sistema impõem seu lema:
Livre mercado, mundo educado para consumir e existir sem questionar

Não pensam em diminuir ou domar a voracidade
E a sacanagem do capitalismo selvagem
Com seus tentáculos multinacionais querem mais, e mais, e mais...
Lucros abusivos
Grandes executivos são seus abastados serviçais
Não se importam com a fome, com os direitos do homem
Querem abocanhar o globo, dividindo em poucos o bolo
Deixando migalhas pro resto da gentalha, em seus muitos planos
Não veem seres humanos e os seus valores, só milhões e milhões de consumidores
São tão otimistas em suas estatísticas e previsões
Falam em crescimento, em desenvolvimento por muitas e muitas gerações

Não há nada de novo entre a terra e o céu
Nada de novo
Senão o velho dragão e seu tenebroso véu de destruição e fogo
Sugando sangue do povo,
De geração em geração
Especulando pelo mundo todo
É só o velho sistema do dragão
Não, não há nenhuma ilusão, ilusão
Só haverá mais tribulação, tribulação

Não sentem o momento crítico, talvez apocalíptico
Os tigres asiáticos são um exemplo típico,
Agora mais parecem gatinhos raquíticos e asmáticos
Se o sistema quebrar será questão de tempo
Até chegar o racionamento e o desabastecimento
Que sinistra situação!
O globo inchado e devastado com a superpopulação
Tempos de barbárie então virão, tempos de êxodos e dispersão
A água pode virar ouro
O rango um rico tesouro

Globalização é uma falsa noção do que seria a integração,
Com todo respeito a integridade e a dignidade de cada nação

É a lei infeliz do grande capital,
O poder da grana internacional que faz de cada país apenas mais um seu quintal
É o poder do dinheiro regendo o mundo inteiro

Ricos cada vez mais ricos e metidos
Pobres cada vez mais pobres e falidos
Globalização, o delírio do dragão!
Aquarela
Chimarruts
Corra Atrás
Reggae Style
Tributo a Mandela
Kaya Reggae Band
Traffic Jam
Stephen Marley
Seguindo em Frente
Emboscada
Affairs Of The Heart
Damian Marley
Semear o Chão
Semente da Paz
Analua
Armandinho
Eternidade
Damata
A Lua e Eu
Cidade Negra
All Love
Ziggy Marley
Amor de Primavera
Armandinho
Se Liga
Arkaya
Deixa que corra
Chimarruts
Let You Go
Soldiers Of Jah Army (SOJA)
Always Together
Beca Arruda
África
Semente da Paz
Can't Tell Me
Soldiers Of Jah Army (SOJA)
Visitante
Olá, visitante. Faça agora seu cadastro e participe do nosso site.
Criar Conta Login